segunda-feira, 14 de junho de 2010

Massa Folhada


Essa é de família. Receita de massa folhada que aprendi com meu pai, que aprendeu com a minha avó. Ela é completamente diferente das massas comerciais, ou das folhadas com margarina/manteiga/banha. Essa usa amido de milho para fazer as folhas. Acho que por isso ela nos agrada tanto: é leve, magra e muito crocante. Os louros vão todinhos para meu pai e minha vó Lêda!

Massa Folhada
Para 2 pessoas

2 xícaras de farinha de trigo
1/3 de xícara de óleo
2/3 de xícara de água fervendo
1 colher de chá de sal
1 colher de sopa de amido de milho


Em uma vasilha coloque a farinha de trigo e o sal. Coloque o óleo na xícara e complete com água fervendo. Mexa rapidinho com uma colherzinha e derrame essa mistura sobre a farinha. Misture bem com uma colher.


Retire a massa da vasilha e coloque-a sobre a bancada polvilhada com farinha de trigo. Agora é a parte legal: rasgar a massa! É fácil, é um vai-e-vem, onde a amassamos e esfriamos. Essa parte é importante, para deixá-la fácil de abrir com o rolo depois.


Na bancada bem polvilhada com farinha, abra a massa com o rolo até a espessura de uns 3mm (infelizmente não tem como abrir com cilindro pois ela é mole, mas é bem fácil com o rolo). Coloque o amido de milho sobre ela e espalhe por toda a superfície.


Agora você irá enrolar a massa como um rocambole, cobrir com papel filme, e levar à geladeira para descansar por 30 minutos. Eu usei para fazer pastéis de carne moída. Você pode usar para toda e qualquer receita que use massa folhada, tanto doce, quanto salgada.


Após os 30 minutos na geladeira é hora de abri-la novamente. Essa parte é importante: para manter as "folhas" da massa, você deve abrir como mostra a foto abaixo, ou seja, achatando o "rocambole". Recheie com a carne moída e aperte bem a massa em volta do recheio (não nas bordas externas, senão ela não folhará tanto).


Forre uma forma com palpel manteiga e acomode os pastéis. Pode ser bem perto um do outro, pois a massa não cresce. Leve para assar, em forno pré-aquecido à 200ºC, até que estejam dourados (uns 25-30min).


E agora, deliciem-se, pois essa massa é divina! Se sobrou, guarde para um lanche, mesmo frio ainda ficará ótimo!


Beijos,

12 comentários:

Bel Lüscher disse...

Ei Aline!
Outro dia eu acompanhei a confecção de uns doces árabes e a massa que eles usam é bem parecida com a sua... só que o cara faz uma pilha de discos de massa com maizena entre eles e vai abrindo. Muito mágico! Achei o máximo... vou fazer um post depois.
Tão apetitososo demais seus pastéis!!
Beijocas

Aline disse...

Oi Bel!!! Que bacana. Coloca lá para vermos! Eu pensei em fazer os pastéis de nata portugueses com essa receita. Vou testar :) Beijoos

LUIZ disse...

Tudo ficou maravilhoso e o visual dos pastéis cortados ficou perfeito, parecidos com os da Vovó, bjs.

VegVida disse...

Faz tempo que eu tento fazer essa massa, mas as receitas que encontrei levavam muito mais óleo. Até tentei adaptar, ficava gostosa como massa de torta mas não dava muito certo e nem adiantava tentar fazer pastéis individuais (e não tinham essa técnica de fazer o rocambole, o que é simplesmente genial)
Fantástico, agora a massa ficou perfeita. E ótima pra voul-au-vent (é só cortar com cortadores de biscoito de dois tamanhos e pra empilhar molhar a borda de cada disco levemente).
Ainda mais que sou vegana e as massas folhadas aqui no Brasil não são adequadas.
Obrigada pelo guia passo a passo, ajudou demais e vou passar pra frente.

Aline disse...

Olá VegVida!! Que bom que gostou. Espero ajudá-lo(a) mais vezes. Se a redução de gordura das receitas ajuda, então você está no blog certo :) Beijos, Aline.

Rita Helga Giordano disse...

oi,achei super legal tua massa deve ficar uma delicia bem cozida as folhas e uma receita simples. beijos rita

rosycassiano disse...

Massa perfeita..... fácil de fazer, super barata e o resultado é excelente.
Já foi pro meu "caderninho de receitas aprovadas".
Muito obrigada

Davi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcia Greice disse...

Olá vi essa receita e achei interessante pela quantidade de ingredientes, pela facilidade e pelo tempo de preparo. Estou agora mesmo na cozinha com note book do lado fazendo pro lanche da noite de hoje. Vai dar certo com certeza. Um bjo e obrigada pela receita tão boa!!!

Elisângela Pinheiro disse...

Gostaria de saber se pode congelar a massa crua. Obrigada

Lili Fing disse...

Já fiz várias vezes e adorei esta receita. Prática,da saborosa e muito leve.

Lili Fing disse...

Já fiz várias vezes e adorei esta receita. Prática,da saborosa e muito leve.

Postar um comentário