sexta-feira, 2 de julho de 2010

Massa de Pizza (Hut)



Estava eu numa vontade de colocar a mão na massa, após 10 dias em viagem, que decidi que tinha que ser algo que requeresse "a mão na massa" mesmo :) Então, sobrou um frango de ontem, e a pizza pareceu ser a idéia perfeita. Fui para a internet em busca de uma massa diferente. Quase todas são: farinha, sal, água, gordura e fermento, mas essas são muito monótonas... queria algo diferente.

Fui parar no blog From Our Home to Yours que eu já acompanho faz um bom tempo. Esse blog é todo mimoso, tem jeito de casa de mãe, sabe? É aconchegante e transborda alegria e generosidade. Gosto demais :)

Bem, tinha uma receita ali de massa de pizza que poderia ser comparada à da Pizza Hut. Ah, não tive dúvida. Era essa mesmo! E não teve erro. Ficou deliciosa, fácil de trabalhar e na minha humilde opinião, melhor, muito melhor do que a massa "Hut"! Ela é cheia dos ingredientes, eu fiz apenas alguns ajustes, mas é a receita original mesmo :)

Massa de Pizza (Hut)
Rende 3 pizzas família

30g de fermento biológico (ou 1 envelope)
1/2 xícara de água morna
1 colher de sopa de açúcar
2 xícaras de leite com 2 colheres de sobremesa de vinagre (isso é uma substituição ao Buttermilk, que eu não tenho aqui)
1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio
5 colheres de chá de fermento em pó
1 colher de sobremesa de sal
1/4 de  xícara de óleo
600g de  farinha de trigo

Comecei separando os ingredientes, porque vão tantos que era melhor garantir que tinha todos em casa, antes de começar a misturar tudo. Depois misturei o leite com o vinagre e esperei 10 minutinhos para ele "talhar". Parece que no Brasil o nome do buttermilk é leitelho. Eu nunca vi para vender, mas essa mistura de leite com vinagre dá conta do recado. Ah, é importante saber que é por causa desse ingrediente ácido que o bicarbonato de sódio fará o bom serviço de fermentação.


Depois, dissolvi o fermento biológico no açúcar, e então acrescentei o óleo e a água misturados.


Depois o leite com vinagre, sal, bicarbonato e por último o fermento químico.


Dei uma mexida e comecei a acrescentar a farinha de trigo aos poucos, mexendo com uma colher. A massa é mole e não precisa sovar! Dessa vez fiz tudo à mão, para que ninguém deixasse de fazer por não ter batedeira :) Separei 1/3 da massa para usar na hora e deixei crescer enquanto cuidava do recheio.


Os outros 2/3 da massa guardei em uma vasilha untada com azeite de oliva, na geladeira (bem fechada). Segundo o blog From our home to yours, essa massa pode ficar 10 dias na geladeira. Fantástico isso, não? A minha está lá, esperando para ser usada novamente. Num jogo do Brasil, quem sabe?


Depois de a massa crescer por 1 hora (enquanto preparei o recheio), abri com rolo, em uma superfície bem enfarinhada. Deixei grossinha por opção. Eu gosto de massa grossa :)


Como falei, sobrou um frango assado que virou recheio. Usei cebola, alho, tomates pelados, salsinha e sal. Refoguei tudo e fiz bem sequinho para não encharcar a massa da pizza. Usei ainda uma mozzarella fresca, orégano e azeite de oliva.


Aqueci o forno à 230ºC e pré-assei a massa por 10 minutinhos. Mal começou a dourar eu, retirei do forno e coloquei o recheio. Depois de recheada, voltei ao forno por mais 10 minutos (só até dourar).


E ficou essa maravilha!! Decididamente essa virou a minha receita número 1 de massa de pizza! Recomendo fortemente que você experimente. É fantástica :)


Beijos,

1 comentários:

Elied Barbosa disse...

Maravilhosa esta receita! Amei!

Postar um comentário